Buscar
  • Clínica Bella Vaz

Quadro doloroso pós pandemia e dores do sedentarismo

O sedentarismo têm sido apontado como responsável por diversas dores agudas e crônicas nessa era. Nossos hábitos mudaram, as profissões também, temos novos hobbies, novas atividades, trabalhos mais mentais que físicos e acúmulo de funções. Tudo isso leva o ser humano a um estilo de vida com menos movimento do corpo e mais comodismo. Toda essa situação já conhecida de muitos, foi ainda mais agravada com a pandemia de Covid-19 enfrentada desde meados de Março de 2020, no Brasil. Uma situação atípica e inesperada colocou todos em quarentena, em casa, impossibilitados de se movimentar até com relação às atividades mais corriqueiras como trabalhar, dirigir e se exercitar em parques e academias. Tudo isso, claro, gera consequências, que precisam ser enfrentadas de agora em diante.

Outro fato foi que muitos deixaram de trabalhar em seus ambientes de trabalho e tiveram que se adaptar ao em trabalho em casa. "Escritório" sem condições ideias levando a posição viciosa e com isso dor principalmente na coluna. Nem tudo está perdido, é possível começar agora mesmo a cuidar ou prevenir seu corpo das dores sofridas pelos maus hábitos e sedentarismo!


O corpo em movimento

Nosso corpo foi feito para se movimentar, ele necessita de manutenção e suporte tanto quanto qualquer máquina de desempenho. Tudo precisa funcionar bem e o exercício físico é o aliado para que toda engrenagem funcione bem. Taxas sanguíneas, doenças relacionadas à alimentação, ao coração, ao sistema imunológico, dentre outras, são beneficiadas com um corpo em ação. O sedentarismo, por sua vez, tende a atrapalhar todo esse funcionamento natural e orgânico que seu corpo precisa. Hábitos ruins e repetitivos são o maior indício de que seu corpo não lida bem com algumas práticas como:

- má alimentação

- movimentos repetitivo

- má postura

- horas sem movimentar articulações


Tudo isso inicia um longo e errado ciclo: vivemos inadequadamente, nos sentimos cansados ou doloridos, passamos então a sentir mais necessidade de descansar ou repousar na intenção de evitar sentir dores e elas apenas pioram - ficar parado é a pior solução para um corpo dolorido. Porém, apenas se movimentar no momento em que seu corpo já estagnou talvez não seja a melhor ideia. É necessário que haja cuidado, acompanhamento, um plano de ação e orientação de um médico especializado. Tudo isso para que seu corpo não saia do completo sedentarismo para uma movimentação intensa e, muitas vezes errada, que pode te causar ainda mais problemas. Para isso, é necessário avaliar os riscos e os prejuízos que foram contabilizados nesse período e seguir um plano traçado especialmente para você o as necessidades que seu corpo apresenta.

A orientação, nos casos de sedentarismo - principalmente um período tão intenso quanto o sedentarismo pós pandemia - é que seu corpo agora seja tratado, cuidado e que sintomas que causem mais dor sejam prevenidos para diminuir o seu desconforto até que tudo se alinhe a ponto de funcionar normalmente de novo. É necessário que haja equilíbrio nas atividades para que suas articulações voltem a funcionar corretamente. É importante que a musculatura volte a ser fortalecida de maneira gradual e direcionada, além da lubrificação das juntas. Todos os movimentos devem ser progressivos e dentro dos limites e possibilidade de cada paciente e seus atuais hábitos, ou retomada dos hábitos.

O mais importante, agora, é começar! Começar de maneira positiva, com a ajuda necessária, com a orientação médica ue dê todo o suporte no momento de restabelecer sua saúde corporal e sua qualidade de vida.

Estabeleça, com um médico capacitado, quais os seus objetivos e limites, trabalhe com metas de desenvolvimento e não ignore as pequenas vitórias no combate do sedentarismo. Tudo que você começar hoje, trará grandes benefícios com o decorrer do tempo.


A clínica BellaVaz e as dores do sedentarismo e pós pandemia

Todo o corpo clínico BellaVaz encontra-se pronto para atender, acompanhar, orientar e acompanhar os pacientes decididos a mudar de vida e melhorar suas condições de saúde física relacionadas ao abandono do sedentarismo.

Conheça nossos médicos e doutores especialistas em dores e faça sua avaliação.

12 visualizações0 comentário